Fim do atoleiro: asfalto chega a MS-460 e beneficia escoamento de polo agrícola

Categoria: Notícias | Publicado: segunda-feira, março 27, 2017 as 14:28 | Voltar

Campo Grande (MS) – O asfaltamento da rodovia MS-460, que corta a região conhecida por Água Fria, distrito de Maracaju, avança por mais de 49 km e a movimentação de máquinas e operários é tão intensa quanto o trabalho de campo em período de cultivo do milho. A rodovia corta grandes áreas de grãos e cana e quem trafega por ela observa, nesta época, os voos de aviões agrícolas e máquinas pulverizando e adubando as lavouras que se perdem no horizonte.

Executada pelo Governo do Estado, a pavimentação do importante corredor da produção agropecuária atende grandes propriedades rurais e usinas de álcool, além da interligação permanente com entroncamentos rodoviários estratégicos, como a rodovia BR-060, que demanda a Nioaque, Guia Lopes, Jardim e Bela Vista; a BR-267, que chega a Porto Murtinho; e a MS-166, um dos acessos alternativos a Antônio João e Ponta Porã.

Pavimentação beneficia uma região em franca expansão agrícola. 

Juliano Schmaedecke, presidente do Sindicato Rural de Maracaju, destacou que a obra não beneficia apenas o setor produtivo, mas também a comunidade de Água Fria e, principalmente, o transporte, pela prefeitura, dos alunos das fazendas que estudam na cidade. “O asfalto, na realidade, garante o ir e vir de caminhões e pessoas, o que era impossível quando chovia, pois a estrada ficava intransitável, e trará um grande impulso à região”, disse ele.

Obra necessária 

A implantação do primeiro trecho de pavimento, de 14 km, ocorreu ainda no governo de José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT, em 2002, a partir do entroncamento com a MS-162 (acesso a Maracaju). De lá para cá a retomada da obra foi protelada até 2015, quando o governador Reinaldo Azambuja assumiu o compromisso com a classe produtora da região de concluí-la. A obra, hoje orçada em R$ 63,3 milhões, foi reiniciada em setembro daquele ano.

Com duas frentes, obra será totalmente finalizada em junho, conforme cronograma. 

“Sem dúvida alguma, é um dos grandes empreendimentos rodoviários do nosso governo. Água Fria é uma região em franca expansão de produção agrícola e enfrentava atoleiros e até o isolamento em época de chuvas”, pontuo o secretário estadual de Infraestrutura, Marcelo Miglioli. “É uma obra tecnicamente necessária, o governo não faz politicagem para beneficiar este ou aquele; trabalha com seriedade para atender as demandas da cidade e do campo.”

Tráfego intenso 

Do total de 49,6 km em implantação da MS-460, já receberam capa asfáltica cerca de 35 km e a conclusão da última etapa do serviço está prevista para 90 dias, conforme cronograma da Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). O lote de responsabilidade da empresa Equipe Engenharia Ltda – entroncamento com a MS-162 até o distrito de Água Fria –, tem 28 km e será entregue em junho próximo. Mais de 78% dessa obra já foram concluídos.

Asfalto corta grandes áreas de lavouras de milho (foto), soja e cana, garantindo escoamento. 

O outro trecho do projeto – Água Fria ao entroncamento MS-166/BR-060 –, em execução pela empresa Nautilus Engenharia S/A, tem uma extensão de 21 km, com 62% pavimentados, e o contrato finda no fim de abril. As fortes chuvas na região têm atrapalhado o andamento da obra, contudo os serviços nas duas frentes estão em ritmo acelerado. O tráfego de veículos já é intenso na via, principalmente de caminhões carregados de soja e cana.

Sílvio Andrade – Subsecretaria de Comunicação (Subcom)

Foto: Chico Ribeiro

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.