Obra em rodovia de acesso a Ponte do Grego já tem trecho asfaltado e segue com terraplanagem

Categoria: Geral | Publicado: quinta-feira, abril 28, 2022 as 15:14 | Voltar

Para melhorar o acesso a região turística da Ponte do Grego, em Terenos, a obra de pavimentação da MS-352 segue em pleno vapor e já tem 6 km de trecho asfaltado. Agora os trabalhos se concentram em novas atividades de terraplanagem para seguir com o projeto, que prevê 15 km (asfalto) nesta primeira etapa.

A obra na MS-352 completa vai dispor de 40 km de estrada pavimentada, do entroncamento da BR-262 até a comunidade conhecida como Ponte do Grego. A primeira etapa são 15 km e a segunda mais 24,9 km, que juntas somam um investimento de R$ 65 milhões.

Além de melhorar o acesso, esta obra também vai dar mais segurança ao tráfego local, reduzindo os acidentes na região. A situação também é crítica para quem não tem carro e precisa de ônibus para ir à cidade ou voltar para comunidade. Com a rodovia pavimentada a expectativa é que outras empresas (ônibus) realizem a viagem neste trajeto.

“Melhorar a infraestrutura das estradas, levando asfalto é o caminho certo para o desenvolvimento. A nossa intenção é levar, junto com os investimentos, qualidade de vida à população. A obra de acesso à Ponte do Grego é mais uma demanda que foi atendida pela gestão estadual”, ressaltou o governador Reinaldo Azambuja.

De acordo com a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos) a expetativa é que em maio já seja colocada capa asfáltica em mais 5 km do percurso que segue em obras no local.

"Sempre falavam que iriam fazer, mas nunca acontecia. Estamos muito felizes pois é uma mão na roda, até para o escoamento. Sem asfalto dificulta tudo. A pavimentação da rodovia também vem para valorizar as terras. Temos só que agradecer, para nós foi uma benção”, descreveu o presidente do Sindicato Rural de Terenos, Cleiton Rocha.

Além da pavimentação na Ponte do Grego, o Governo do Estado segue com mais 59 obras em rodovias estaduais, sendo 47 de asfalto e 13 de restauração (estradas), que juntas somam mais de R$ 2 bilhões em andamento. As frentes de trabalho continuam em todas as regiões do Estado.

Leonardo Rocha, Subcom
Fotos: Divulgação/Agesul

Publicado por: Joilson Francelino Santana

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.