Quantidade de pontes de concreto cresce 30% em MS com investimento de Reinaldo

Categoria: Geral, Notícias | Publicado: quinta-feira, novembro 24, 2016 as 14:17 | Voltar

Campo Grande (MS) – O governador Reinaldo Azambuja anunciou nesta quinta-feira (24) um pacote de obras na área de infraestrutura que prevê a construção de 66 pontes de concreto até 2017, com investimento estimado de R$ 65 milhões. Desse total de pontes, 42 começam a ser construídas de forma imediata em 20 municípios. “São pontes que foram danificadas ou destruídas pelas fortes chuvas do verão 2015/2016”, disse Reinaldo. Outras 20 pontes estão com projeto executivo em andamento e quatro já tiveram as obras iniciadas e concluídas.

A substituição de pontes de madeira por estruturas de concreto dá mais segurança aos usuários e gera menos gastos para o poder público com manutenção. Reinaldo destacou a qualidade dos projetos executivos das pontes e garantiu que as novas edificações “vão perdurar por anos”. Segundo ele, nunca se investiu tanto na construção de pontes de concreto em Mato Grosso do Sul. “Desde a criação do Estado (1977) foram edificadas 248 estruturas. Só este ano estamos lançando 66 novas pontes de concreto, um acréscimo de 30%”, informou.

De acordo com a Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), 15 empresas vencedoras de licitações comandarão as obras pelo Estado. Elas terão prazo de seis meses a um ano para entregar as obras concluídas. “Fizemos um trabalho com planejamento e seriedade e começamos a ver na prática o resultado”, disse o secretário da Seinfra, Marcelo Miglioli, sobre a entrega das primeiras quatro pontes. “Isso mostra que tratamos a infraestrutura em nosso Estado de forma séria”, completou.

Dos R$ 65 milhões estimados para a construção das 66 pontes de concreto, R$ 45 milhões são exclusivos do Governo do Estado. O restante vem do Governo Federal em razão do reconhecimento das situações de emergência decretadas pelos municípios após estragos do período de chuvas.


Reinaldo assina documentos que autorizam o início das construções

Cidades

As 42 pontes que tiveram autorização de construção nesta quinta-feira (24) somam 1.351 metros de comprimento e estão localizadas nos municípios de Guia Lopes da Laguna (3 pontes); Coronel Sapucaia (1); Maracaju (1); Iguatemi (5); Paranhos (3); Tacuru (4); Dois Irmãos do Buriti (1); Amambai (3); Sete Quedas (2); Bela Vista (1); Caarapó (1); Deodápolis (4); Juti (2); Novo Horizonte do Sul (3); Jateí (1); Rio Verde de Mato Grosso (1); Japorã (1); Rio Brilhante (2); Porto Murtinho (02) e Costa Rica (1). Juntas, elas custarão R$ 41,4 milhões.

As outras 19 que estão em fase de elaboração de projeto executivo ficam em Ivinhema (2); Nioaque (1); Jateí (4); Bela Vista (3); Cassilândia (2); Corguinho (1); Amambai (3); Eldorado (2) e Camapuã (1). As quatro que já foram entregues estão em Naviraí, Amambai, Bela Vista e Guia Lopes da Laguna.

“Sofremos a pior temporada de chuvas dos últimos 50 anos. Mas as ações do Governo do Estado foram rápidas e eficazes para socorrer os municípios”, falou o prefeito de Japorã, Vanderley Bispo, durante a assinatura dos documentos que autorizam o início das obras das pontes.

Estruturas

Em Mato Grosso do sul existem 798 pontes de madeira e 248 de concreto, totalizando 1.046 passagens nos 79 municípios. A maior parte dessas estruturas está implantada em rodovias vicinais, de responsabilidade das prefeituras, informou o governador. No entanto, o Governo do Estado assumiu o compromisso de substituir, em apenas um ano, 8,2% das pontes de madeira existentes, com vistas a garantir mais segurança e mobilidade nas localidades mais prejudicadas pelas chuvas.

Evento

Além de Reinaldo e Miglioli, participaram do evento de lançamento das obras das pontes a vice-governadora Rose Modesto; os secretários de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, e da Casa Civil, Sérgio de Paula; deputados estaduais; e prefeitos atuais e eleitos das 20 cidades beneficiadas com as estruturas.

Bruno Chaves, Subcom | Fotos: Chico Ribeiro

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.