Restauração e pavimentação de vias urbanas recebem R$ 25 milhões

Categoria: Notícias | Publicado: terça-feira, maio 23, 2017 as 11:33 | Voltar

Campo Grande (MS) – O Governo do Estado, por meio da Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos (Agesul), vai investir em Mato Grosso do Sul cerca de R$ 25 milhões em pavimentação, drenagem e restauração de vias urbanas. Os investimentos foram divulgados pelo Diário Oficial do Estado desta terça-feira (23.5), sendo R$ 19,5 milhões lançados em licitações e R$ 5,4 milhões em obras que tiveram resultados divulgados.

As licitações lançadas serão destinadas para elaboração de projeto executivo de pavimentação, drenagem e recapeamento das vias do Parque Industrial de Naviraí; restauração asfáltica do segmento da MS-178 com inclusão de ciclovia, no trecho de Bonito até o entroncamento da MS-382 e para restauração das rodovias MS-156 e MS-157, no perímetro urbano do município de Itaporã. Os investimentos só para Itaporã estão orçados em R$ 8,6 milhões. As licitações acontecem nos dias 8 e 23 de junho.

Investimentos em parceria com emendas

Também publicado no DOE mais R$ 5,4 milhões de resultados de licitações destinadas à pavimentação asfáltica e drenagem das ruas Minas Gerais, em Jardim; Coronel Alfredo Pinto e Camalotes, no município de Porto Murtinho; para o bairro Morada da Serra, em Sidrolândia; ruas Bernardino e Antônio Quelho, em Aquidauana; Rua Tereza Lemes de Oliveira, avenida Antônio J. Coelho, em Nova Alvorada do Sul; etapa G complementar do bairro Aero Rancho, na Capital e bairro São Sebastião, em Ribas do Rio Pardo. Os maiores investimentos contemplarão Sidrolândia com R$ 1,05 milhões e Campo Grande, que receberá R$ 1,03 milhões para o Aero Rancho.

Os investimentos de R$ 5,4 milhões fazem parte da primeira etapa do pacote de emendas parlamentares federais lançado no mês passado. Nesta etapa, 31 editais já publicados, contemplam 24 municípios com investimentos de R$ 26,5 milhões, que serão executados com recursos do Estado e das emendas.

Com os resultados publicados, as ordens de serviço serão autorizadas imediatamente após a assinatura do contrato.

Raquel Pereira – Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra)

Foto: Edemir Rodrigues

Publicado por:

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.